Notícias

Ver notícia

Somente no mês de maio, 374 estabelecimentos comerciais foram ligados à rede de coleta e tratamento de esgoto.

A Ambiental Crato trabalha para garantir o serviço de esgotamento sanitário para todos. A empresa está empenhada, entre outros serviços, em retirar o despejo irregular de esgoto do canal do Rio Granjeiro, para que em breve o rio possa estar limpo e respirando melhor. Desde que iniciou suas operações, a empresa já beneficiou mais de 35 mil pessoas com o serviço de esgotamento sanitário, o que gera mais saúde para a população e desenvolvimento para o Crato.

No centro da cidade, já são 624 estabelecimentos comerciais que contam com o serviço de esgotamento sanitário, destes, 374 foram ligados à rede de esgoto somente no mês de maio deste ano. Esse número foi alcançado devido a implantação de mais de 1.240 metros de rede coletora de esgoto no bairro. Todo esse esgoto deixa de ser lançado no canal do Rio Granjeiro e passa a ser tratado na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Seminário.

O diretor da CDL Crato, José Lobo, comenta o impacto positivo do esgotamento sanitário para a economia local. “É importante vermos que a cidade está preocupada com uma área tão relevante para sociedade como é o saneamento. Não é só questão de tirar o esgoto das ruas. É cuidar do ambiente que vivemos, promover saúde para as pessoas. Enquanto empresário, sei do potencial do Crato para o turismo e de como essa área pode desenvolver a nossa cidade. As pessoas não querem visitar um lugar sujo, com mal cheiro ou mesmo poluído. Se a nossa riqueza é a natureza, temos que cuidar dela em todos os sentidos”, afirma.

Benefícios para a saúde

A engenheira Ambiental e Sanitarista, Letícia Lacerda, mestre em Engenharia Civil com pesquisas focadas em saneamento básico, atesta a importância destes serviços para a saúde da população. “Sanear significa tornar limpo. Então tudo isso está associado à nossa saúde, nos protegendo de doenças como diarreia, hepatite, e as hementiases, que são as doenças transmitidas pelos vermes parasitas”, explica a pesquisadora que também é coordenadora de Sustentabilidade Ambiental no IFCE Campus Sobral.

Evolução do Esgotamento Sanitário

Hoje, Crato tem 25% de cobertura de esgoto, que é coletado e tratado nas 5 ETEs em funcionamento no município, que tratam 130 milhões de litros de esgoto por mês. Todo este efluente passa por um minucioso processo de tratamento que garante seu retorno à natureza livre de contaminações e dentro dos padrões estabelecidos pelos órgãos ambientais.

Em 2024, a meta da Ambiental Crato é saltar para 33% de esgoto coletado e tratado, o que será possível com a implantação da ETE Granjeiro. “Essas obras de coleta e tratamento de esgoto trazem inúmeras vantagens para a população. Os comerciantes e seus clientes já estão percebendo a redução de mau cheiro e de pragas como ratos e baratas. Estamos levando mais dignidade para a população, pois o esgotamento sanitário reduz o índice de contaminações por doenças de veiculação hídrica, sendo um aliado para a saúde”, aponta Tadeu Bezerra, gerente de operações da Ambiental Crato.

Compartilhar:

Veja Também

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Contato Saiba mais
Contato

A Ambiental Crato oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Entenda sua fatura Saiba mais
Entenda sua fatura